Log-in:
(?)

Flor de Lapela para Noivo

Sua Avaliação: (?)
5
Votos: 0
Pontos: 0

A história e o charme da boutonnière para os homens do casamento

Conheça a história e confira dicas para usar a flor na lapela, também conhecida como boutonnière, para completar o traje do noivo e outros homens do cortejo do casamento: pais, padrinhos e pajens

Flor na lapela do noivoA flor de lapela, ou boutonnière, é uma tradição com mais de cinco séculos de história! O que era antes um amuleto masculino contra o mal, tornou-se um acessório chic, voltado para ocasiões especiais, como o casamento. Apesar da tradição ter chegado aos casamentos com o mesmo objetivo do buquê de noiva (perfumar e proteger), as flores de lapela, hoje em dia, ainda acrescentam elegância aos noivos modernos.

Boutonnière, uma história de elegância masculina

No século 16, os homens colocavam flores presas à roupa para se proteger do mal e das doenças. No século 18, a moda masculina na Europa, em especial na Inglaterra e França, era usar casacas com os botões de cima abertos e colocar uma flor na primeira casa (abertura do botão).

Homem com flor na lapela (Séc. XVII)No século 19, a moda da flor de lapela cresceu junto com a empolgação pela natureza, motivada especialmente pelo Romantismo. Para o homem elegante, escolher a boutonnière era tão importante quanto outros acessórios, como relógio de corrente e abotoaduras.

A Primeira Guerra Mundial decretou o fim da Belle Époque, mas a moda da flor de lapela resistiu para relembrar esse período. E continuou como referência de moda, mesmo com o advento da Segunda Grande Guerra. Astros do cinema, como Clark Gable e Cary Grant eram sempre vistos em seus filmes portando o arranjo preso ao terno, encantando as mulheres e inspirando os homens da época.

A Flor na Lapela nos Casamentos Modernos

Clark Gable com flor na lapelaHoje em dia, as flores de lapela marcam presença quase que exclusivamente nos casamentos, em especial, nos ternos do noivo, padrinhos, pai da noiva e pajens (os homens do cortejo). A flor mais tradicional é o cravo, mas também pode ser usada uma pequena rosa, mini callas, orquídea, jasmim, entre outras. Podem ser simples ou compostas com pequenos ramos, hastes, folhas, etc. O importante é que sejam elegantes e discretas.

Com relação à cor da flor de lapela, você pode combinar com a decoração, com o buquê da noiva ou escolher de acordo com o significado de cada cor. O noivo, por exemplo, pode usar o branco, que significa “amor puro”, ou o vermelho da “paixão”. É importante que a cor e/ou modelo da boutonnière do noivo seja diferente dos padrinhos, para destacá-lo, principalmente se o traje dele for parecido com o dos outros homens no altar.

Uma dica importante: evite usar flor de lapela junto com o lenço de bolso. O ideal é optar por um ou por outro, para que o visual não fique carregado. Caso o noivo não queria usar flores, existem opções alternativas, como penas de aves e broches temáticos. Se escolher a flor, não esqueça de encomendar arranjos extras. Muitas flores de lapela se amassam ou quebram durante abraços mais entusiasmados de parentes e amigos.

Guia de Casamento

© Todos os direitos reservados

Compartilhar:
Multicotação
Publicidade


Compartilhe: