4 Modelos de Cerimônia Ecumênica de Casamento

Muitas vezes, quando os noivos têm religiões diferentes, ou não seguem nenhuma religião, mas desejam realizar uma celebração de casamento, optam por uma Cerimônia Ecumênica. Como os rituais religiosos tradicionais costumam ser predefinidos pela igreja e exigem condições que nem sempre se adequam aos casais (é o caso de pessoas divorciadas, ateus, noivos LGBTs, etc.), o celebrante contratado, nesses casos, pode oferecer uma cerimônia alternativa, cheia de significados, mas sem vínculo direto com crenças e dogmas.

Hoje em dia, algumas celebrações religiosas tradicionais também permitem a inclusão desses rituais ecumênicos, como uma forma de deixar o momento ainda mais romântico e marcante. Por isso, sempre é bom que os noivos conheçam esses ritos, como são feitos e seus significados, para que possam decidir se desejam ou não celebrar sua união com um deles e se é possível que o celebrante os realize no Grande Dia.

Cerimônia Ecumênica de Casamento

Confira abaixo 4 tipos de cerimônias ecumênicas de casamento, apresentadas recentemente pelo portal Guia de Casamento em uma série especial de matérias:

1. Cerimônia da Árvore

Nesse tipo de cerimônia ecumênica, o casal planta uma árvore, como símbolo do amor que os uniu e deverá ser, daquele momento em diante, cuidado pelos dois,para crescer forte e gerar frutos. Ideal para celebrações ao ar livre, em estilo mais bucólico, como chácaras e sítios. Clique aqui para conhecer.

2. Cerimônia das Areias Coloridas

Nessa celebração, dois vasos com areias de cores diferentes são colocados no altar. Ao sinal do celebrante, os noivos colocam, simultaneamente, suas areias em um vaso maior, tornando-as inseparáveis, como deve ser o relacionamento dos dois a partir daquele dia. Há também uma variação dessa cerimônia que permite a participação de familiares e convidados. Confira aqui.

3. Cerimônia das Taças

Existem pelo menos duas versões. Na mais popular, são colocadas duas taças no altar, uma com bebida amarga e outra com bebida doce. Os noivos provam um pouco da primeira taça e jogam o resto fora, para simbolizar as dificuldades que enfrentarão juntos. Em seguida, bebem da segunda taça, para mostrar seu desejo de dividirem também os bons momentos. Clique aqui e conheça também uma outra forma de realizar a cerimônia das taças.

4. Cerimônia das Velas

Outra opção de cerimônia que pode incluir a família e convidados é a Cerimônia das Velas, também conhecida como Cerimônia da Luz. Durante essa celebração, o noivos pegam no altar, cada um, uma vela acesa e com ela acendem, ao mesmo tempo, uma vela maior, posicionada no centro. As velas dos noivos representam suas famílias originais. A vela maior é a nova família que se forma a partir daquele dia. Veja mais aqui sobre essa celebração.

A Celebração da Cerimônia Ecumênica

Durante a celebração desses rituais ecumênicos, os noivos podem trocar votos de amor ou o celebrante pode proferir algumas palavras enquanto conduz o ato, como a explicação do seu significado. O clima fica ainda mais romântico com uma linda música de fundo, escolhida pelo casal para marcar o momento. Gostou? Qual desses rituais combina mais com você?

Marcelo Martins

Web designer e redator

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *