Log-in:
(?)

Os Minicasamentos ou Mini Weddings

Sua Avaliação: (?)
5
Votos: 0
Pontos: 0
Até mesmo casais ricos e famosos estão trocando as grandes festas por eventos mais reservados, os chamados minicasamentos, mini weddings ou small weddings. Mas você sabe o que é um minicasamento?

Certamente você já deve ter lido ou ouvido algo sobre minicasamentos, também chamados de "mini weddings" (ou "small weddings"). Mas o que é um minicasamento? Será que é uma boa opção para economizar no evento?

Basicamente, mini weddings são casamentos mais intimistas, com número reduzido de convidados (algo entre 50 e 100). É ideal para noivos com famílias pequenas e círculos de amizades mais fechados. Mas não confunda: um minicasamento nem sempre é sinônimo de evento econômico. É mais uma questão de perfil e estilo dos noivos. Até mesmo casais ricos e famosos estão trocando as grandes festas por eventos mais reservados.

Com menos convidados é possível caprichar mais na recepção, escolhendo um lugar mais luxuoso, um buffet mais sofisticado, lembrancinhas melhores, etc. O mais importante é que os noivos pensem bem antes de definir se seu casamento será normal ou mini pois, durante os preparativos, pode ficar muito difícil mudar de ideia.

O primeiro passo é montar a lista de convidados. É ela quem vai "dizer" qual o melhor formato de casamento. Para um minicasamento o ideal é convidar as pessoas mais próximas do casal, aquelas que realmente estão felizes por essa união e que estarão presentes na nova vida. Familiares, amigos íntimos, colegas de longa data. Se a lista começar a crescer muito e não der para cortar ninguém, esqueça! É melhor planejar um casamento tradicional.

Principais Diferenças

Pense bem antes de decidir por um minicasamentoDefinida a lista de convidados, o restante do check-list e da agenda segue um padrão semelhante ao dos casamentos tradicionais, apenas com algumas ressalvas:

  1. O lugar tem que ser pequeno e aconchegante, equivalente à quantidade de convidados. Espaços muito grandes vão dar aquela impressão de vazio e tirar o clima de confraternização esperado. Pode ser a casa de um dos familiares, um buffet, o salão de uma igreja, um pequeno sítio, um restaurante charmoso etc. Confira se a cerimônia e a festa poderão ser no mesmo lugar ou próximos.
  2. Nada de economizar no buffet. Pelo contrário: aproveite a menor quantidade para aumentar a qualidade, servir um cardápio mais elaborado, melhores bebidas, etc. afinal quem estará no evento são as pessoas mais importantes da sua vida.
  3. A equipe de foto e filmagem tem que ser de primeira também. Negocie o preço levando em consideração apenas que precisará de uma equipe menor de fotógrafos e cinegrafistas. Siga todas as regras para a contratação de uma boa empresa, até porque o evento é menor mas não menos importante.
  4. O estilo também pode ser diferente: fica mais fácil personalizar e deixar o evento com a sua cara: decoração, convites, lembrancinhas, tudo pode ter um toque pessoal, fugindo um pouco - ou muito - do tradicional. Só não vale é ficar com jeito de improviso ou descuido.
  5. O orçamento vai ser diferente nos itens que estão relacionados à quantidade, como flores, convites, lembrancinhas, cardápio, etc. Porém, como foi dito, muitas vezes a quantidade poderá ser compensada pela qualidade. Então nada de cortar convidados e forçar um minicasamento apenas para economizar. Isso poderá gerar problemas com a família.
  6. Nada de informalidade na hora de escolher empresas e serviços para o seu evento. Tudo o que for acertado deve ser colocado em contrato. Pois, até mesmo um minicasamento pode trazer grandes dores de cabeça.

Mini, normal ou mega, não importa! O essencial é que o seu casamento fique marcado na história da sua vida como o Grande Dia em que você realizou o sonho de se unir à pessoa que ama e construir uma família feliz.

Guia de Casamento

© Todos os direitos reservados

Compartilhar:
Multicotação
Publicidade


Compartilhe: