Log-in:
(?)
> > > Bridezilla - Será que Você é uma Noiva Obsessiva?

Bridezilla - Será que Você é uma Noiva Obsessiva?

Sua Avaliação: (?)
5
Votos: 0
Pontos: 0

Quando a noiva passa dos limites na organização do casamento

Sabe aquela noivinha feliz com os preparativos do casamento? Virou uma Bridezilla, que grita com os fornecedores, bate o pé, não dorme, não come e só pensa numa coisa: o evento tem que ser perfeito!

O sonho de princesa daquela menina romântica finalmente começa a se realizar. Depois do pedido que transformou o casal de namorados em noivos, a data do casamento foi marcada e ela agora começa a definir os detalhes práticos do evento. Mas o que era para ser uma tarefa emocionante e compartilhada pelo casal vai se tornando uma verdadeira cruzada solitária e obsessiva. E, de repente, a delicada noiva se transforma numa criatura neurótica e assustadora: é a Bridezilla!

O termo “Bridezilla” é uma junção da palavra “bride” (“noiva”, em inglês) com “Godzilla”, o dinossauro lendário que devastou o Japão nos cinemas. Acredita-se que a expressão foi utilizada pela primeira vez em um artigo de 1995 do jornal The Boston Globe. Trata-se daquela noiva compulsiva que, na tentativa de realizar o casamento “mais perfeito do mundo” acaba por atormentar a vida de familiares, madrinhas, fornecedores e, claro, do noivo.

A organização de um casamento é, sim, uma tarefa complexa e pode se tornar estressante. Mas o que a noiva precisa evitar é que esse momento, que deveria ser a realização de um sonho, se torne um pesadelo para ela e para todos que estão à sua volta. Pedir ajuda é importante, mas também não dá para achar que todos devem parar suas vidas para auxiliá-la nessa tarefa.

Sinais da Transformação

Alguns sinais de que você pode estar passando dos limites nos cuidados com os preparativos podem ser observados no seu dia a dia:

  • Você está virando uma Noiva Bridezilla?Que trabalho!? Se você adia ou interrompe constantemente suas tarefas no trabalho para dar "aquela conferidinha" num detalhe do casamento, cuidado! Segundo uma pesquisa da TheKnot e da Forbes Woman, 90% das mulheres fazem o planejamento do casamento na hora do expediente.
  • Focada não, bitolada. Você não tem dia nem hora certa para cuidar do evento, correndo o risco de perder o controle de sua vida pessoal e profissional. É normal ficar ansiosa com tantas providências, mas se você não consegue se concentrar em mais nada, já é um sinal de alerta.
  • Ela só pensa naquilo! O casamento está em todas as conversas, em casa, no trabalho, entre amigos, na Internet, na padaria. Com o noivo então... coitado! De repente, até desconhecidos se tornam alvo das suas angústias com o modelo do vestido ou a cor da decoração.
  • Dormir pra quê? Você tem pesadelos, acorda de madrugada ou nem dorme mais, pensando em coisas como o recheio do bolo ou se convida aquela amiga da escola que você não vê há séculos.
  • Na festa eu como. Almoço e jantar perdem espaço porque você quer se livrar de uns quilinhos ou precisa do tempo para falar com um fornecedor ou visitar aquele buffet. E quando consegue sentar à mesa é uma garfada no prato e um clique no computador.
  • Mas eu quero assim! Cada contato com um profissional de casamento se torna uma batalha épica, com direito a discussões intermináveis, exigências e muito estresse. Parece que nenhuma ideia é melhor que a sua e ninguém entende ou está disposto a fazer as coisas do jeito que você quer.

Na próxima matéria daremos algumas dicas sobre como evitar a transformação em Bridezilla, ou como voltar ao normal, trabalhando na organização do casamento de forma planejada e sem (muito) estresse.

Guia de Casamento

© Todos os direitos reservados

Compartilhar:
Multicotação
Publicidade


Compartilhe: