Log-in:
(?)

Encontre no Guia

> > > Quem Casa Quer Casa

Quem Casa Quer Casa

Avaliação:
5
Votos: 0
Pontos: 0
Será que é uma boa hora para comprar? É possível conseguir algum dinheiro nos bancos? Comprar um imóvel novo será mesmo a melhor decisão no momento? Tire essas e outras dúvidas.

Mas como fazer o melhor negócio agora? Será que é uma boa hora para comprar? É possível conseguir algum dinheiro nos bancos? Comprar um imóvel novo será mesmo a melhor decisão no momento? São perguntas que você terá que responder antes de ir à luta. Para a maioria das pessoas, a casa própria é o maior investimento de toda a vida. Quase sempre é nele que se concentra a maior parte de nosso patrimônio. Por isso, dar um passo errado na compra de um imóvel pode ter efeitos desastrosos na sua vida financeira por muitos anos ou lhe causar uma tremenda dor de cabeça.

O advogado Márcio Bueno, do escritório Thiollier, Pinheiro e Branco, de São Paulo, conta que, certa vez, uma das principais construtoras do Brasil fez uma promoção num fim de semana em São Paulo e conseguiu vender um bom número de apartamentos. Mas, na segunda-feira, segundo consta, 58% dos clientes acabaram desistindo da compra, depois de conversar com o travesseiro à noite. Do início da busca à decoração da casa nova e à mudança propriamente dita, normalmente passam-se meses. Seria um desperdício investir toda essa energia e descobrir depois que você perdeu dinheiro com isso. Ou que comprou por impulso uma casa que não tem nada a ver com você.

Alguns psicólogos dizem que a compra de um imóvel é um dos acontecimentos mais estressantes da vida. Não só porque, em geral, tem um peso decisivo na nossa conta bancária, mas também porque exige uma profunda reflexão sobre nossos objetivos, nossos compromissos e nosso estilo de vida. Comprar uma casa nova não é apenas um grande investimento financeiro. É também um grande investimento emocional, que costuma exigir muita concentração e dedicação do comprador. “Para achar a casa certa para você, o mais importante é saber quais são os seus desejos e necessidades”, diz a americana Carolyn Janik, uma corretora imobiliária com 20 anos de experiência e autora de 11 livros sobre imóveis nos Estados Unidos. “É muito mais importante do que ler todos os classificados imobiliários nos jornais ou bater perna com corretores.”

No setor imobiliário, talvez mais do que em qualquer outra área da economia, é preciso lembrar sempre que as generalizações são perigosas. Às vezes, num mesmo bairro, pode haver um imóvel localizado numa rua com alto potencial de valorização e outro, numa rua próxima, ser uma bomba-relógio, que pode explodir na sua mão. O Morumbi, bairro nobre da zona sul de São Paulo, por exemplo, é uma região que se valorizou nos últimos anos e possui áreas desejadas por muitos paulistanos. Mas na avenida Giovanni Gronchi, que corta o bairro, os imóveis estão se desvalorizando por causa do trânsito pesado e do grande número de ônibus que circulam por ali. Situação parecida acontece em Curitiba. A Avenida Padre Anchieta, que corta o Champagnat, bairro da zona oeste muito cobiçado pelos curitibanos, tornou-se um corredor de ônibus e tem uma atividade comercial intensa. Por isso, é apontada como um mico por alguns especialistas do mercado. Fique atento!!

Dicas para comprar a casa própria A escolha do imóvel que vai satisfazer você e sua família é, obviamente, muito pessoal. Cada um deve saber do que gosta. Isso vale tanto para o tipo de imóvel quanto para a região em que você pretende morar. Quem nasceu e cresceu num determinado bairro e tem toda a sua vida organizada por lá muitas vezes prefere manter-se por perto, mesmo que a região fosse calma há alguns anos e tenha se tornado barulhenta ou comercial demais. Mas, às vezes, num mesmo bairro há ruas melhores e com maior potencial de valorização, enquanto outras estão se depreciando. É exatamente por isso que a localização é considerada por corretores, construtores e incorporadores o quesito fundamental na compra da sua casa.

Os corretores recomendam que todos os compradores visitem os imóveis que estão interessados em comprar e suas vizinhanças de dia e de noite, durante a semana e no final de semana. Não seria nada agradável descobrir depois da mudança que a feira do bairro bloqueia a porta da sua garagem uma vez por semana ou que você é vizinho de bares e discotecas que fervem até altas horas da madrugada.

Bem, você encontrou o imóvel ideal, no seu bairro preferido, com localização privilegiada, exatamente como sempre sonhou, mas lembre-se de que verificar se toda a documentação do imóvel está regularizada, para que seu sonho não se torne um pesadelo.

Laura Somoggi

Trechos extraídos da Revista Dinheiro Reportagem Casa Nova

Multicotação
Publicidade


www.guiadecasamento.com.br - © 2001-2014 - Todos os direitos reservados

Realização Vega Web

Compartilhe: