Log-in:
(?)
> > > Perdas Necessárias

Perdas Necessárias

Sua Avaliação: (?)
5
Votos: 0
Pontos: 0

Perder pode ser apenas o começo da vitória!

Quem nunca perdeu na vida? Viver é correr riscos. Riscos levam a perdas e ganhos. Não há quem somente vença, tampouco quem seja eterno perdedor. A maioria das pessoas consegue dar a volta por cima.

Vitória mesmo nas perdas!Infelizmente (ou felizmente) algumas perdas na vida são necessárias. Seja para que valorizemos nossos ganhos, seja para que possamos ver nossas vidas sob uma nova perspectiva, renovar conceitos, começar novos projetos. Sabe aquela impressão de que algumas pessoas parecem não perder nunca? Ou aquela pior, de que você nunca ganha nada? Esses pensamentos são apenas desculpas internas que tentam lhe convencer a não arriscar mais.

Sim, existem pessoas vitoriosas, por seus próprios méritos ou por algum tipo de “destino” que está fora de nossa compreensão. Nasceram em famílias abastadas, ganharam na loteria, tiveram uma ideia genial... Na verdade, não importa! Todos nós já perdemos alguma coisa (eles também!). Concentre-se em você: Por que você perdeu? Por que você não ganhou? Tirar alguma lição de uma perda é o primeiro passo para a superação. Entender suas vitórias também é importante para mantê-las, repeti-las ou ampliá-las.

O fim pode ser um novo começo

Muitas histórias de sucesso começaram com uma grande perda. Pessoas que um dia se viram sem nada na vida. E quando não se tem nada a perder, o que resta é arriscar, lançar mão dos sonhos, das capacidades, das possibilidades. É aquela mulher cujo casamento acabou e ela lutou e se tornou uma grande empresária. Ou aquele homem que sobreviveu a uma tragédia pessoal e encontrou entre as pessoas que o ajudaram o seu grande amor.

Sim, perder não é fácil. O corpo, a mente e o coração pedem - e merecem - um tempo para se recuperar. Mas eles também avisam quando é o suficiente, quando você precisa tentar se reerguer e recomeçar a luta. E se esse alarme está tocando dentro de você, levante-se. Arrisque! Não pense na jornada, pense no primeiro passo. É assim que se começa uma longa viagem.

Questão de escolhaQuestão de escolha e atitude

Quando perde algo, você acaba se deparando com duas forças abundantes e opostas: motivos para cair e motivos para se reconstruir. A escolha é sua! Alguém que você amava faleceu? Pense em como essa pessoa gostaria que você estivesse bem. Seu amor foi embora ou feriu você? Então redirecione todo o amor que você desperdiçou com ele e use-o em você. Perdeu o emprego? Pense no mundo de oportunidades que se abre à sua frente.

Se a vitória é o encontro da oportunidade com o preparo, então o primeiro passo depende de você: Esteja preparado para as oportunidades! Quer um amor, um casamento, uma família? Prepare-se para ser uma mulher ou marido melhor. Torne-se uma pessoa interessante, que se cuida, que se ama, que busca aprender e crescer. Brilhar é a melhor maneira de chamar a atenção! Quer um emprego melhor? Estude, procure ser o melhor na sua área, conheça as demandas e perspectivas do mercado.

Fale, mas com a pessoa certa

Escreva sobre suas dúvidas, angústias e esperanças, mas cuidado para não expor-se demais em blogs ou redes sociais. De preferência, escreva para você! E não queira ser um super-humano! Procure ajuda. Divida sua dor. Se você não consegue reagir, converse com quem estiver próximo: um parente, um amigo de confiança. Talvez você precise de ajuda profissional, como um psicólogo ou grupos de apoio. Com o tempo, você perceberá que as perdas podem não ser boas, mas podem ser úteis, quando consideradas como oportunidades para renovação.

Guia de Casamento

© Todos os direitos reservados

Compartilhar:
Multicotação
Publicidade


Compartilhe: