Caixa Reduz Financiamento de Imóveis Usados

Quem pretende comprar casa ou apartamento usados, acima de R$ 200 mil, terá que pagar de entrada, ao menos metade do valor do imóvel

A Caixa Econômica Federal (CEF) apertou ainda mais as regras para o financiamento de imóveis usados. A partir de agora, quem deseja financiar imóveis de até R$ 750 mil, terá que pagar a metade do valor de entrada. O banco, que antes financiava até 80% do valor do imóvel pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), agora só financiará 50%.

Financiamento da casa própria ficou mais difícil

No caso de imóveis usados com preços acima de R$ 750 mil, que são financiados via Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), a Caixa passará a exigir, a partir do dia 4 de abril, uma entrada ainda maior: pelo menos 60% do valor total do bem (antes ela pedia somente 30% desse valor).

A Caixa, que em abril de 2015 já havia aumentado a taxa de juros para imóveis novos e usados em 0,3 ponto percentual e aumentado os valores das entradas, afirmou em nota que seu foco em 2015 são os imóveis novos, em especial os do programa “Minha Casa Minha Vida”, com valores até R$ 190 mil, que não são afetados pelas medidas. A instituição responde hoje por 70% dos empréstimos para casa própria do Brasil.

Reação do Mercado Imobiliário

O temor do mercado, que já registra baixas nas vendas de imóveis novos, é que a medida esfrie também os negócios com imóveis usados. A principal fonte de recursos dos bancos para o financiamento de imóveis é a poupança, que no ano passado apresentou saques maiores que depósitos. Por isso, acredita-se que os bancos privados sigam o caminho da Caixa e também arrochem o crédito imobiliário.

Entre abril e maio de 2015 a CEF realiza em diversas cidades do pais o Feirão da Casa Própria. O evento começou pelas cidades de São Paulo (SP), Belém (PA) e Recife (PE) no último dia 24 de abril e deve passar por mais 11 cidades. Na capital paulista, o feirão registrou queda de 14% das vendas, com relação a 2014.

Marcelo Martins

Web designer e redator

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *