Log-in:
(?)

O Bolo de Casamento

Sua Avaliação: (?)
5
Votos: 0
Pontos: 0

Conheça a história do doce mais esperado do Grande Dia

Considerado por muitos o item mais importante do buffet, o bolo de casamento é uma tradição que, desde a Roma antiga, vem evoluindo, mas sem perder a majestade no cardápio e decoração do Grande Dia

Bolo de Casamento Moderno. Foto: Saint Morit'sConsiderado por muitos o item mais importante do buffet, o bolo de casamento é uma tradição que, desde sua origem na Roma antiga, vem evoluindo em forma e conteúdo (ou melhor: forma e sabor) mas sem perder a majestade no cardápio e decoração do Grande Dia.

Nos casamentos da época do Império Romano, era tradição que um bolo - na verdade, estava mais para um pão doce - após ser provado pelo noivo, fosse quebrado sobre a cabeça da noiva, como símbolo do domínio dele sobre ela e do fim da virgindade da moça. Os convidados costumavam então recolher a migalhas que, acreditavam, lhes trariam sorte.

Mais tarde, na Inglaterra Medieval, era comum os convidados trazerem ao casamento pequenos doces que eram empilhados uns sobre os outros. Se os noivos conseguissem se beijar sobre essa pilha de doces, teriam um casamento fértil e feliz. Acredita-se que essa é a origem do bolo de casamento de vários andares.

O bolo de Catarina de Médice

Foi na França, em 1553, com o casamento de Catarina de Médici (uma apaixonada por culinária) com o rei Henrique II, que o bolo ganhou a importância que tem hoje. A rainha mandou fabricar um belíssimo pão de ló decorado e feito em andares, que foi servido e conquistou os convidados. O feito inspirou os casais da época a realizarem o mesmo em suas festas. No século XVII, ainda na Europa, surgiu a “torta da noiva”. Muito comum nas cerimônias mais modestas, podia ser recheada de pão doce ou de carne. No meio era colocado um anel. A convidada que encontrasse o anel seria a próxima a se casar.

Tempos depois surgiram os bolos com cobertura de açúcar refinado. Como o ingrediente era difícil de se adquirir (durante muito tempo o açúcar foi usado até como moeda), passou a ser sinal de status: Quanto mais branco o bolo, mais influente era a família do casal. Mas foi no Reino Unido da Era Vitoriana (1837-1901) que a cor branca se tornou símbolo da virgindade e pureza e passou a ditar a cor não só do então chamado “Bolo da Noiva” mas também do vestido da noiva.

O bolo de casamento atual

"Hoje em dia, os bolos de casamento mais encomendados são os bolos redondos, brancos e com decoração clássica e romântica (com flores, "pois", etc.). A massa mais comum é o pão de ló e os recheios são ganache, brigadeiro, e doce de leite, acompanhados ou não de frutas secas." afirma Fernanda Gabriel, responsável pela criação dos bolos da Saint Morit's Buffet e Eventos.

Para a grande maioria, o bolo de casamento ainda é uma peça fundamental, não só no serviço gastronômico, mas também da decoração do Grande Dia. O chamado “Bolo Cenográfico” ganha cada dia mais espaço nos eventos e, às vezes, chega a dividir, e até mesmo tomar o lugar do bolo de verdade no salão e nas fotos. Mas o bolo comestível ainda prevalece nas encomendas dos buffets. Sem falar nos lindos topos de bolo, com noivinhos, monogramas, etc. que são um capítulo à parte nessa história.

“Muitas pessoas sonham com um lindo bolo e assim que notam que um bolo de casamento é muito mais complexo e caro do que todos os bolos que têm comprado na vida, encontram-se despreparadas e enfrentam a triste situação de ter que abrir mão do sonhado bolo por um outro muito mais simples.” diz Carina, Cake Designer da Estilo e Sabor. “todos querem na mesa um bolo de pelo menos três andares que fique bonito na foto. Neste caso podemos fazer bolos com um ou dois andares comestíveis e alugar o outro andar de bolo para complementar o tamanho e visual.” completa Carina.

Tire suas dúvidas: Clique aqui e leia uma entrevista com uma cake designer sobre Bolos de Casamentos

Guia de Casamento

© Todos os direitos reservados

Compartilhar:
Multicotação
Publicidade
publicidade

Compartilhe: